MESA – Primeira consultoria brasileira a dedicar-se com prioridade à dimensão humana da governança corporativa

A renovação no ambiente corporativo sinaliza para grandes transformações. As mudanças exigem a procura e definição de perfis com comportamentos adequados para cada situação. Para inspirar pessoas e solucionar conflitos de natureza familiar ou organizacional, o dirigente empresarial precisa, cada vez mais, ser capaz de trabalhar com transparência e clareza.

A governança corporativa é a Constituição da corporação. Significa muito mais do que o cumprimento de leis e regulamentos e a demonstração de resultados. Trata-se de um sistema que estabelece regras de separação entre interesses familiares e empresariais, cria fóruns específicos para a discussão de temas fundamentais, desenha processos, define a divisão de direitos e deveres, delega poderes e responsabilidades e cria plataforma de tomada de decisões, de ações e gestão. Ao mesmo tempo que determina regras de convivência, costumes e políticas, permite às empresas definir as diretrizes estratégicas do negócio e monitorar o desempenho dos gestores.

A nova governança acompanha a evolução nas organizações e seu desempenho estará atrelado à qualidade das atitudes dos fundadores, da família, de herdeiros, dos conselheiros, dos líderes empresariais e do grupo denominado “C-Level” – CEOs, COOs e CFOs. E tem se tornado um exemplo moderno de gestão corporativa, assim como provoca um maior equilíbrio das relações entre os stakeholders (todas as partes relacionadas), essencial à perpetuação e ao sucesso do negócio.